Programação

terça-feira - 28/05/2019
PAINEL 04: Representatividade, poéticas identitárias na produção artísticas e nos públicos
Palestrantes:

Cosme Rogério Ferreira– AL

Graduado em Filosofia (FEFIR/FACESTA), mestre em Sociologia (PPGS/UFAL), doutorando em Letras e Linguística (PPGLL/UFAL), ator e diretor de cena. Foi secretário municipal de Cultura de Palmeira dos Índios, conselheiro do Fórum Estadual de Turismo de Alagoas (FORETUR-AL) e gerente de Extensão e Relações Comunitárias da Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL). Sócio colaborador da Academia Palmeirense de Letras Ciências e Artes (APALCA), sócio efetivo da União Brasileira de Escritores (UBE) e da Associação Brasileira de Linguística (ABRALIN). É professor de Filosofia do Instituto Federal de Alagoas – IFAL / Campus Batalha, e representante do Setorial do Livro e da Leitura no Conselho Municipal de Política Cultural de Palmeira dos Índios.

Marcio Luiz Marciano – PB

Currículo Resumido: Márcio Marciano é diretor e dramaturgo. Fundou a Companhia do Latão (SP), e o Coletivo de Teatro Alfenim (PB). Em 2008, lançou pela Editora Cosac Naify “Companhia do Latão - 7 peças”. Cursou Artes Cênicas na ECA/USP. Foi crítico teatral da Revista Bravo! (2002 a 2004). Também atuou como crítico na II Mostra Latino-Americana de Teatro de Grupo, de São Paulo (2007) e no Festival Internacional de Teatro e Dança Zona de Transição, em Fortaleza (2009 e 2012), entre outros. Com o Coletivo Alfenim escreveu e encenou Quebra-Quilos (2007), Milagre Brasileiro (2010), Histórias de Sem Réis (2010), O Deus da Fortuna (2011), Brevidades (2012), Memórias de um Cão (2015) e Helenas (2018).

Mediador: Kácio Santos – PI - Mestre em Educação pela Universidade Federal do Piauí – UFPI e Especialista em Estudos Contemporâneos em Dança – UFBA. É docente na Universidade Estadual do Piauí – UESPI e no Centro Universitário Santo Agostinho – UNIFSA. Atualmente desenvolve o projeto de extensão Núcleo de Dança – UNIFSA há 6 anos buscando fomentar a prática e o pensar em dança para estudantes universitários de diferentes áreas de atuação acadêmica. Desenvolveu o projeto Experiências do corpo na UESPI durante os anos de 2014 e 2015 na cidade de Floriano – PI. Sua prática profissional tem perpassado por obras artísticas e eventos de dança que propõem pensar o corpo a partir de lugares historicamente subalternizados, como os corpos negros, femininos, LGBTS e periféricos na intenção não apenas de visibilizar estes corpos, mas propor uma provocação maior sobre como a dança (danças) tem atuado nestes e entre estes corpos. Suas obras mais recentes dialogam com as categorias já citadas: Bomba, pastel e coxinha (2016), Blackhair tia do café Fashion bombril Week (2017) e Brasil Gueto Brasil (2017).

Informações

Dias: 27/05 (Segunda-feira),28/05 (Terça-feira) e 29/05 (quarta-feira)
Local: Espaço Cosme Oliveira – Ed. Agostinho Pinto ,
Av. Campos Sales, Centro, 1111 – Teresina-PI.
Horário: 13h às 21h45mim
Clique para acessar o formulário de inscrição